27 de set de 2014

FREI PEDRO, NOVIÇO AGOSTINIANO RECOLETO COMPARTILHA CONOSCO SUA EXPERIÊNCIA DE VIDA E ANIMA ÀQUELES QUE POSTULAM À VIDA AGOSTINIANA RECOLETA – NOVICIADO 2014 – COLÔMBIA.

Noviciado 2014/Desierto de La Candelaria
Ráquira-Boyacá-Colômbia

Frei Pedro no Santuário do Monasterio


        Queridos irmãos e irmãs em Cristo Jesus, que a paz e a alegria de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos vocês.

        Meu nome é Pedro tenho 31 anos de idade, nasci na cidade de Jacobina- Bahia, porém mudei para São Paulo com minha família quando criança e foi ai que conheci a grande família religiosa Agostiniana Recoleta. Atualmente minha mãe vive em São Paulo e meu pai vive na Bahia, tenho dois irmãos e uma irmã.

        Hoje em resposta ao chamado de Deus na minha vida estou em uma etapa importante para mim que é o noviciado. E o que é noviciado?

        O noviciado é uma etapa formativa que dura um ano, onde nos preparamos para ingressar na vida religiosa fazendo os três votos: pobreza, castidade e obediência. É um tempo de conhecimento, mais pleno e mais claro sobre a vocação, é também um período de identificação com o carisma da Ordem ao qual pertencemos. O noviciado é uma experiência maravilhosa de aprofundamento espiritual, experiência de conversão e renovação que se dá por meio da oração, do silêncio e da contemplação, por meio de uma vida fraterna e também do trabalho diário.

        O noviciado da Província Santa Rita de Cássia é realizado juntamente com a Província Nossa da Candelária na Colômbia, onde neste ano de 2014 o noviciado conta com sete noviços, cinco colombianos e dois brasileiros, e a equipe formativa conta com dois freis colombianos e um brasileiro: frei Gabriel, frei Álvaro colombianos e frei Fabio brasileiro. Este é o noviciado 2014 no Deserto Nossa Senhora da Candelária em Colômbia.

        Vejo que a experiência do noviciado é muito enriquecedora na vida do vocacionado, eu com a graça de Deus estou experimentando um ano de graças na minha vida, são muitas as dificuldades, mas muito maior é a graça de Deus, a cada dia que passa vou vencendo e tornando-me mais forte no chamado de Deus na minha vida.

        Os três anos de filosofia em Franca, São Paulo, foi também uma preparação para o noviciado.  Durante este período escutei muitas coisas sobre o noviciado: que não valeria apena vir; que seria horrível estar aqui; que a língua era muito difícil; adaptação não seria possível; que seria um ano de amargura; de solidão e tudo mais...  Então cheguei aqui assustado e com muito medo, porém o que encontrei não foi nada do que me falaram. O lugar é muito belo; as pessoas são amáveis e a equipe formativa está sempre aberta ao dialogo e ajuda-nos em toda e qualquer dificuldade que enfrentamos. Colômbia é um país realmente muito diferente do Brasil. Uma cultura diferente, às vezes, se sofre um pouco por estar longe de seu país, de sua família e amigos, mas não impossível e horrível como me falaram. Estou muito feliz em estar aqui e muito mais feliz por fazer parte da família Agostiniana Recoleta.

        A Província Santa Rita de Cássia se faz presente aqui na Colômbia com um frei brasileiro na equipe de formação. Eu tenho experimentado e atesto que é de grande importância essa iniciativa por parte da província para nós, noviços brasileiros. Este ano de 2014 é o segundo ano do frei Fabio, aqui, como um dos formadores, e está sendo de grande ajuda para todos nós, sobretudo para nós brasileiros, essa iniciativa da província vale um 10 porque existem coisas de brasileiros que somente outro brasileiro para compreender, e frei Fabio estar aqui para nos ajudar no que precisamos.

        Outra iniciativa muito válida da Província Santa Rita é a presença de freis brasileiros dando aula para nós, aqui no noviciado. Para nós brasileiros e também para os irmãos colombianos é uma experiência significativa. Este ano já contamos com a presença do provincial frei Nicolau da província Santa Rita de Cássia, que além de ter dado aula para nós compartiu um pouco de sua vida e sua experiência de vida religiosa, e experiência de missão, e em setembro desde mesmo ano contamos com a presença de frei Sergio Peres.

        Esta experiência de noviciado em um país estrangeiro com cultura e língua diferente é uma experiência enriquecedora em nossas vidas, a princípio cheguei aqui com muito medo, pois tudo era novo pra mim, tudo diferente do que eu havia vivido em meu país, porém é questão de tempo para adaptar-se, se tira de letra, é uma oportunidade de aprendizado que vou carregar para sempre em minha vida, é uma experiência que nos faz crescer muito, vale a pena, porém é preciso viver sem medo e confiar na graça divina.

        Aos futuros noviços.

        Não tenham medo do noviciado, não escutem aos mitos que lhes contam, o noviciado é uma experiência maravilhosa que nos faz crescer como pessoa, como ser humano e como cristão, por isso venham sem medo, sem receios, o grande segredo para ter um bom noviciado é: ser sincero consigo mesmo, com a equipe formativa, estar de coração aberto, ser aberto ao diálogo, à oração, ao trabalho e estar aberto para viver em comunidade seguindo a espiritualidade de nosso pai Santo Agostinho e as outras coisas vem por acréscimo com a graça de Deus. Venham de coração aberto, sem medo, e preparem-se para crescer na graça de Deus.

Por Frei Pedro Santos da Silva - noviço O.A.R.



Frei Fábio de preto e Frei Pedro de amarelo 

Frei Pedro e Frei Gabriel, dialogando (lado esquerdo-abaixo da foto) 

Saiba mais acessando a nossa WEB OFICIAL:
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário