19 de mar de 2015

OH! BOM JOSÉ!

Província Santa Rita de Cássia
Brasil


        “Eis o administrador fiel e prudente, que o Senhor pôs à frente da sua família” (cf. Lc 12, 42).
        Falar da vida, exemplo e testemunho de São José, talvez possa nos parecer redundância, pois, quem nunca ouviu dizer algo sobre este grande Patriarca? Entretanto, venho lhes falar do amor e da obediência que inundava o coração de homem “justo”.
        São José, “Esposo da Virgem Maria” e “Guardião do Redentor”. Ele, como servo fiel e prudente, aceitou com obediente docilidade a vontade do Senhor, que lhe confiou a sua família na terra, para que dela cuidasse sem nunca desfalecer.
        Nesta tão sublime missão, São José perseverou com fidelidade, obediência e amor. Por isso, a Igreja no-lo indica como singular modelo de serviço a Cristo e ao seu misterioso desígnio de salvação. E invoca-o como especial padroeiro e protetor de toda a família cristã.
        Este simples filho da “Casa de Davi” soube no silêncio amoroso e humilde acolher em seu coração e em sua vida os tesouros mais preciosos do céu e da terra, o próprio Deus feito homem e sua Santíssima Mãe. José foi aquele que muito amou e, amando doou-se totalmente a sua missão sem hesitar.
        Que imensa alegria deve ter experimentado o coração e o espírito daquele justo, quando em seus últimos suspiros nesta terra pode olhar e ver ao seu lado, o “Senhor da Vida”, o próprio “Filho de Deus” e Sua e Nossa querida Mãe. Peçamos a intercessão desse grande santo, patrono da Igreja Universal para que saibamos viver no amor e na obediência e, um dia contemplamos aquele a quem tudo devemos e somos, o próprio Deus.

Por Frei Ricardo Alberto Dias, OAR

Bibliografia:
JOÃO PAULO II, PAPA. Homilia na Solenidade de São José em 19 de março de 2001. Vaticano. In.: http://www.vatican.va/. Acessado em 18-02-2013.

Saiba mais acessando a nossa WEB OFICIAL:



Um comentário: