14 de jan de 2017

PRIMEIRA PROFISSÃO RELIGIOSA DE FREI LUIZ ALBERTO CRUZ DA SILVA, OAR - NA ORDEM DOS AGOSTINIANOS RECOLETOS.

Convento Desierto de la Candelaria
Ráquira-Boyacá-Colômbia

Primeira fila: Frei Luiz é o primeiro da direita para a esquerda e; segunda fila: Frei Fábio é o segundo da direita para a esquerda. 

        No último dia 07 de janeiro de 2017, o histórico Convento Agostiniano Recoleto “Deserto da Candelária”, localizado na Colômbia, foi o palco da primeira profissão religiosa de sete agostinianos recoletos procedentes da Colômbia e do Brasil: Fr. Luiz Alberto Cruz da Silva (este da Província Santa Rita de Cassia), Fr. Yeferson Alonso Romero Ortiz, Fr Iván René Lindo Cabrales, Fr Darío Hernández Conde, Fr. Nairo Hernan Lara Malagón, Fr Juan Sebastián Pantoja Sapata, Fr. Omar Alexander Mancipe Mancipe. Presidiu a celebração o prior da Província Colombiana Nossa Senhora da Candelária, Fr. Albeiro Areias Molina, acompanhado pelo prior do convento, Fr. Oscar Martínez Sánchez, pelo mestre de noviços, Fr. Germán Andrés Rodríguez e pelo vice-mestre de noviços, o frade brasileiro de nossa província Santa Rita, Frei Fábio Nocal.

        Religiosos, familiares e amigos deslocaram-se até o convento Deserto da Candelária para acompanhar aos neos-professos neste importante passo em suas vidas.

        Tal como indicam as Constituições da Ordem dos Agostinianos Recoletos, a etapa do noviciado, que acabam de concluir estes novos religiosos, tem como finalidade que os noviços conheçam melhor a vocação divina e precisamente a própria da Ordem, experimentem o modo de vida desta, conformem sua mente e seu coração com o espírito da Ordem e possam ser comprovadas sua intenção e adequação, isto é, deve ser uma «iniciação integral ao gênero de vida que o Filho de Deus assumiu e que Ele nos propõe no evangelho».

        A formação no período do noviciado inclui o estudo da teologia da vida espiritual e consagrada; o pensamento monástico de Santo Agostinho e a doutrina de sua Regra; o estudo das Constituições, Código adicional, história e espiritualidade da Ordem; a leitura e meditação da sagrada Escritura, especialmente dos salmos; o conhecimento e prática da liturgia, e a formação no canto litúrgico.

        Com a profissão simples inicia-se a etapa na qual o novo professo enriquece sua vida consagrada com uma intensa dedicação à oração e ao estudo. Esta dedicação ajuda-lhe eficazmente a amadurecer sua vocação, rumo ao compromisso definitivo com Deus na profissão solene, e a preparar-se devidamente para seu futuro apostolado.

Fonte: Site da Ordem dos Agostinianos Recoletos
Tradução e edição: Frei Ricardo Alberto Dias, OAR


Algumas fotos da profissão:










Saiba mais acessando a nossa WEB OFICIAL:

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário