14 de jun de 2018

INÍCIO DA EXPEDIÇÃO VOCACIONAL OAR EM VITÓRIA/ES.

Paróquia Santa Rita de Cássia.
Vitória/ES.


No dia 11/06/2018, às 18h30 deu-se início a “Expedição Vocacional” na Paróquia Agostiniana Recoleta Santa Rita de Cássia na cidade de Vitória/ES.

O símbolo da expedição entrou na procissão de entrada e a missa foi presidida pelo Frei Agostinho e co-celebrada pelo Frei Sérgio.

Ao final da homilia Frei Agostinho apresentou o SAV (Serviço de Animação Vocacional) da paróquia.

Durante a semana, estão programadas diversas atividades. Venha participar conosco.

Um dos elementos da Expedição Vocacional Agostiniana Recoleta é o Símbolo: o Troféu-Relicário da Expedição Vocacional. Abaixo descrevemos o significado de cada elemento que constitui o símbolo expedicionário.

BASE: A expedição vocacional quer motivar nossas comunidades religiosas e ministérios para a cultura vocacional, o que nos impulsiona a apresentar as espiritualidades agostiniana e recoleta como uma opção clara e segura do seguimento de Jesus Cristo, representada pelos dois degraus que compõem a base do símbolo vocacional. Também serve para nos lembrarque antes de tudo somo agostinianos e recoletos.

TORRES: As duas torres se erguem para o céu tendo como base a espiritualidade agostiniana recoleta e representam a ciência e a caridade, que são expressão de nosso carisma, que nos fazem buscar as coisas do alto. Sua transparência nos faz lembrar o desejo mais profundo do ser humano: buscar e descansar em Deus.

CORAÇÃO AGOSTINIANO: O zelo e cultivo das vocações sempre foi um esforço  fomentado pela família agostiniana recoleta. Com a expedição vocacional queremos que todas as crianças, jovens e adultos, pertencentes ou não aos nosso ministérios, sintam-se participantes da mesma experiência de Agostinho: ter um coração transpassado pelo dardo da Palavra de Deus e ardendo de amor por Ele e pelos irmãos. A cor vermelha do coração agostiniano representa a paixão pela comunidade e pelo serviço à Igreja nos mais pequenos. O coração suspenso no símbolo quer nos lembrar que o homem e a mulher agostiniano recoleto tem seu coração na cidade de Deus, mesmo que ainda caminhe pela cidade dos homens.

RELÍQUIAS: “Se amas a Cristo, segue-o!” é o lema da expedição vocacional tirado do tratado ao Evangelho de São João (34,9) de nosso pai Santo Agostinho; quer nos lembrar que toda resposta vocacional é uma resposta de amor ao Amor. Os corpos dos santos que serviram ao nosso Senhor são lembranças belíssimas do amor com que se consumiram. Corpos verdadeiros que se doaram, que seguiram, que se gastaram por amor. As relíquias de nosso pai Santo Agostinho, Santa Mônica, Santa Rita de Cássia e Santo Tomás de Vilanova devem despertar em nós a mesma paixão pela qual se gastaram, se consumiram, se derramaram por amor a Cristo. Portanto, se seguimos a Cristo, sigamos seus exemplos.

Por Vanessa Pagiola – Vitória/ES.
Edição: Frei Ricardo Alberto Dias, OAR – Franca/SP.


Veja algumas fotos da celebração:
  






  
Saiba mais acessando a nossa WEB
OFICIAL:
  

ENCONTRÃO DA JUVENTUDE AGOSTINIANA RECOLETA (JAR) DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA LUZ (PRELAZIA DO MARAJÓ – PORTEL-PA).

Juventude Agostiniana Recoleta.
Prelazia de Marajó/PA. 



Na noite da segunda-feira dia 11/06/2018, a Juventude Agostiniana Recoleta (JAR) da Paróquia Nossa Senhora da Luz (Portel-PA) se reuniu no Auditório Manarijó para “Encontrão da JAR” cujo objetivo é a fraternidade entre as Comunidades, Pré-Comunidades e Caravana.

De forma especial, acolhemos em nosso movimento o promotor vocacional da Província Santa Rita de Cássia, Frei Gustavo Barbiero e o promotor vocacional e assessor para a juventude da província Santo Tomás de Villanova no Brasil, Frei Danilo Janegitz.

Nesta paróquia reside Frei Rhuam que atualmente realiza o ano de inserção à vida pastoral e é assessor religioso da JAR Portel.

Na oportunidade, foram apresentas aos Frades as comunidades que formam a JAR Portel: Etapa Hipona: Comunidade Santo Agostinho, Comunidade Santa Madalena de Nagasáki e Comunidade Santa Mônica. Etapa Cassicíaco: Pré-Comunidade da cidade e a Pré-Comunidade Santo Agostinho presente no Rio Pacajá. Etapa Milão: Caravana.

Frei Gustavo nos falou um pouco de seu testemunho vocacional e a formação: “o que é ser JAR?”. Além disso, nos trouxe um presente da JAR Cachoeiro, um detalhe destes irmãos que mesmo longe, estão presentes com seu carinho e incentivo.

Agradecemos a Deus por nos proporcionar momentos como este onde sentimos vivo o ideal de nosso pai santo Agostinho!


Por Frei Rhuam Ferreira Rodrigues de Almeida, OAR.
Paróquia Nossa Senhora da Luz (Prelazia do Marajó – Portel-PA).

Edição: Frei Ricardo Alberto Dias, OAR – Franca/SP.


Veja algumas fotos do encontro:











Saiba mais acessando a nossa WEB
OFICIAL: